Legume fotogénico (que na realidade é uma fruta), a beringela destaca-se pelas cores fortes da casca lustrosa que vão desde o vermelho escuro ao roxo, algumas com pequenos laivos esverdeados. A polpa é macia e flexível e pode não parecer, mas a verdade é a que a beringela é da família do tomate, da batata e do pimento. Aliás, a planta da beringela é muito parecida com a do tomate. É super versátil, encaixando na gastronomia de vários países e podendo ser cozinhado de várias formas, sendo muitas vezes usado como substituto para a carne.

Em Inglaterra e em França chamam-lhe aubergine, nos Estados Unidos eggplant (qualquer coisa como “planta ovo”) e em Itália é melanzana.

Origens da beringela

A beringela veio de longe, do sudoeste asiático e da região que em tempos se chamou Birmânia (hoje Myanmar). Foi levada para o Mediterrâneo pela mão dos comerciantes do Médio Oriente no início da Idade Média e no século XII os mouros introduziram-na em Espanha. Daí até se espalhar pelo resto da Europa foi um instante.

Foram os exploradores portugueses e espanhóis que a levaram para a América mas a sua introdução na alimentação foi muito difícil. É que a beringela, apelidade de “mad apple” (maçã louca) era considerada venenosa e perigosa, capaz de provocar lepra e até loucura. Esta crença antiga baseia-se no facto de a beringela pertencer à família das solanaceae, a mesma a que pertence a beladona, uma planta tóxica. A culpa, portanto, não é da beringela, legume bastante saudável. A China é o país que detém a maioria do cultivo de beringela, com Itália, Turquia, Egipto e Japão logo atrás.

Como consumir beringela

A beringela é um verdadeiro aliado da Dieta Mediterrânica e dos seus pratos, podendo ser consumida frita, assada, estufada, cozida ou grelhada. Junho e Outubro são os meses em que mais se produz beringela, mas hoje pode consumir beringelas ao longo de todo o ano, como parte de uma dieta equilibrada.

Na altura de escolher as beringelas, prefira as que apresentam casca firme e rija. Se tiver que as conservar no frigorífico, coloque-as num saco de plástico, o que permite prolongar a frescura.

E já agora, uma dica: se adicionar uma pitada de sal depois de corte a beringela diminui o seu sabor acre e torna a beringela mais rija.

Saiba como cozinhar beringela.