O verdadeiro nome da chia é Salvia Hispanica e é uma planta herbácea da família das lamiáceas. Vem de longe, mais especificamente das regiões da Guatemala, México e Colombia. A civilização Azeteca já a consumia, por acreditar que dava energia e força física.

As sementes de chia, de forma oval e com cores que vão do acastanhado, ao preto, passando pelo branco, são riquíssimas em ómega 3, cálcio, magnésio e fibra. Deve consumir-se uma colher de sobremesa por dia, uma vez que a chia é bastante calórica. Quando consumida nesta quantidade, torna-se uma aliada no combate à gordura abdominal, segundo um estudo do British Journal of Nutrition, jornal de nutrição britânico.

sementes chia as sementes versateis

Experimente juntar uma colher de sopa de sementes de chia ao seu iogurte natural

O seu consumo regular ajuda a diminuir a fome, uma vez que a chia forma uma espécie de gel no estômago, provocando uma sensação de saciedade. Introduzir estas sementes moderadamente na dieta alimentar do dia-a-dia, ajuda desta forma a manter o seu peso equilibrado.

Como consumir sementes de chia

Existem muitas formas de introduzir as sementes de chia na dieta alimentar. Pode polvilhar o iogurte com elas, incluí-las nas compotas caseiras, juntar sementes de chia na farinha do pão, em almôndegas ou carne picada, por cima de vegetais, em vinagretes… basta alguma imaginação, uma vez que as sementes são bastante versáteis.