A granola consiste numa mistura de frutos secos, cereais, sementes e açúcar mascavado. Há quem ainda goste de juntar fruta mas, na verdade, isto não consta da receita original da granola que foi criada em 1863 pelo médico americano James Caleb Jackson. Este médico acreditava que todos os males vinham do estômago e decidiu criar uma mistura de cereais para que os pacientes do sanatório que dirigia, algo saudável e nutritivo. Cozeu barras feitas com uma espécie diferente de farinha de trigo, depois desfê-las em pedaços pequenos, voltou a levar ao forno e chamou-lhe granula. Não foi um sucesso imediato, até porque só era possível comer estas barras depois de um dia de molho em leite, mas estava dado o primeiro passo em direcção à granola que hoje conhecemos e adoramos.

Mas Jackson não foi o único. Outro médico americano, de nome John Harvey Kellogg (esse mesmo, o homem que dá nome, ainda hoje, a uma marca de cereais), fez uma experiência semelhante mas com milho, aveia e farinha de trigo. Chamou-lhe granola em vez de granula, depois de ter sido acusado de plágio gastronómico por James Caleb Jackson. Em 1889, Kellog já vendia toneladas de granola por semana. Depois da granola, Kellog inventou os flocos de cereais e formou um verdadeiro império.

A granola nos dias de hoje

Com a comercialização dos cereais açucarados em flocos, o consumo de granola caiu em desuso para só voltar nos final dos anos 60, numa espécie de revivalismo saudável. Quem a “ressuscitou” foi Layton Gentry, que criou uma granola com aveia, gérmen de trigo e sementes de sésamo. A ideia tornou-se milionária e rapidamente a granola voltou a encher as prateleiras de supermercados. Foi nesta altura que se massificou o consumo de granola. Hoje, as combinações de granola são muitas, com mel, frutos vermelhos, passas e vários tipos de sementes e frutos secos.

Uma coisa é certa: a granola é uma opção muito saudável, quer para pequenos-almoços, quer para lanches. E é muito fácil de fazer em casa.

Passo-a-passo

Ingredientes
1 ½
 chávena de flocos de aveia (quinoa ou de trigo-sarraceno)
½ chávena amêndoas laminadas (ou outros frutos secos à escolha)
½ chávena sementes (abóbora, girassol, sésamo…)
qb flor de sal
4 c. sopa de mel
qb bagas goji
qb uvas passas

Como fazer granola1. A granola pode se feitas com ingredientes as gosto. É essencial ter cereais, seja a aveia, cevada, ou outro.

Como fazer granola2. Coloque os flocos de aveia, as amêndoas laminadas e as sementes num tabuleiro de forno forrado com papel vegetal. Adicione uma pitada de sal e misture.

Como fazer granola3. Adicione o mel uniformemente por cima da mistura . Leve ao forno durante 20 minutos com apenas a parte de cima ligada. Coloque o tabuleiro na posição mais baixa do forno e cozinhe a 180º C.

Como fazer granola4. A meio da cozedura, passado dez minutos, retire e mexa a granola com uma espátula para descolar do papel e misturar todos os ingredientes. Leve ao forno novamente até perfazer os 20 minutos.

Como fazer granola5. Quando estiver pronta, retire do forno e junte as bagas e passas. Misture bem e guarde num frasco bem fechado. A granola bem acondicionada, dura vários dias com todo o sabor e textura crocante.

Como fazer granola6. Pode comer a granola com leite, bebidas vegetais ou iogurte.