Uma das boas notícias em relação às bolachas e aos biscoitos secos é que podem ser armazenados em frascos de vidro ou caixas durante algum tempo, sem perderem sabor nem textura. Não é por acaso que antigamente os navios não deixavam o porto sem levar um considerável carregamento de bolachas e biscoitos secos.

Dicas para biscoitos e bolachas perfeitas

São sempre crocantes (desde que não tenham contacto com o ar) e apetecíveis em qualquer altura

Ideais para acompanhar um café, complementar um lanche ou para oferecer às visitas, também são óptimos para oferecer em ocasiões especiais (como o Natal). Quem não gosta de um presente que, além de ser doce, foi feito com dedicação?

Há alguns truques que podem transformar os seus biscoitos e bolachas numa obra de arte. Tome nota:

Dicas e truques para fazer biscoitos e bolachas

1. Não trabalhe a massa em demasia. Se o fizer corre o risco de ficar com bolachas e biscoitos com rachas e demasiado duros. Comece a fazer bolachas da segunda vez que esticar a massa com o rolo

2. Uma massa sem ovos é sinónimo de bolachas mais estaladiças

3. Quando passar o rolo na massa, tenha a certeza que faz a mesma pressão em todas as direcções para que fique toda da mesma altura. Só assim cozinhará de maneira uniforme

4. Não tenha medo de colocar farinha na bancada de trabalho onde vai esticar a massa

5. Deixe a massa descansar e arrefecer antes de a colocar no forno

6. Se juntar cereais e chocolate derretido às bolachas não precisa de levar a massa ao forno mas sim ao frigorífico

7. Não junte bolachas ou biscoitos de diferentes tamanhos nos tabuleiros do forno. Separe-os porque vão precisar de tempos de cozedura diferentes

8. Deixe-os bonitos. Não tenha vergonha de cortar pedaços mais feios nem de tapar relevos com açúcar em pó. Os olhos também comem