Cristalizar

1. Corte cascas de citrinos em tiras com 5 a 10 mm e ponha-as de molho em água fria durante dois a três dias, mudando a água três a quatro vezes ao dia.

2. Retire, escorra e meça as cascas, colocando-as num tacho. Por cada medida de cascas junte uma de água e duas de açúcar.

3. Ferva em lume muito brando até as cascas estarem bem macias e a calda ter reduzido para cerca de um terço.

4. Retire-as com uma escumadeira e deixe-as a escorrer de um dia para o outro sobre uma rede.

5. Passe-as por açúcar e guarde-as em frascos bem vedados ou mergulhe-as em chocolate negro previamente derretido em banho-maria.

As famosas cascas de laranja cristalizada não podem faltar na decoração do bolo-rei. Saiba como fazer um bolo-rei

Desidratar

desidratar516

1. Ligue o forno a 130º C.

2. Espalhe as cascas de citrinos (só a parte vidrada) sobre um tabuleiro de forno forrado com papel vegetal e polvilhado com açúcar em pó.

3. Polvilhe levemente as cascas de citrinos com açúcar em pó e leve ao forno cerca de uma hora ou até estarem desidratadas.

A fruta desidratada pode ser reduzida a pó (use uma 123) e ser utilizada para polvilhar sobremesas, pratos de peixe ou pratos de carne.

Aromatizar

1. Espete cascas (só a parte vidrada) de limão, tangerina, toranja, laranja ou lima, ou uma mistura de várias, em espetos compridos de madeira.

2. Introduza-os em garrafas ou frascos de vidro e encha-os com vinagre previamente aquecido.

3. Tape bem e deixe em infusão durante alguns dias.

Use para temperar saladas.


Congelar

congelar516

1. Lave bem os citrinos

2. Retire-lhes a parte vidrada da casca com um pelador (descascador) e reserve no congelador.

Use para aromatizar bebidas, caldas de açúcar, sobremesas ou até arroz.

Bastam duas cascas de citrinos para dar um toque fresco na preparação de risottos.