Pingo Doce
Pesquisa Pesquisa Área de Utilizador
Poupa MaisPoupa Mais

Talho

É no Talho do Pingo Doce que começam as refeições das famílias portuguesas. Desde o corte, escolha da peça, confeccção e dicas, os nossos mais de 2.800 talhantes ajudam a criar as histórias mais saborosas à sua mesa.

Os Nossos Valores

Uma identidade transversal a todos os Nossos Produtos

Serviço

Mais de 2.800 talhantes escolhem a carne mais tenra, suculenta e saborosa, aconselhando sobre o corte, a forma de temperar e de cozinhar.

Qualidade e frescura

Carne com garantia 100% frescura, assegurada a partir de um elevado e rigoroso controlo de qualidade e boas práticas.

Origem do produto

Produtores de confiança, seleccionados por uma equipa especializada que acompanha o processo de criação dos animais até chegar às lojas.

Cortes e confecção

  • Vitela
  • Porco
  • Borrego
Vazia e Lombo
  • Cachaço
  • Acém comprido
  • Acém redondo
  • Vazia e Lombo
  • Alcatra / Picanha
  • Pojadouro
  • Peito
  • Chambão - mão ou perna
  • Aba
  • Aba grossa
  • Rabadilha
  • Chã de fora e nervo do ganso
  • Ganso redondo
Cachaço
O cachaço é uma carne muito saborosa que confere aos cozinhados uma textura gelatinosa. É uma carne que cozinha lentamente e resulta em deliciosos assados, guisados, estufados ou cozidos. Depois de desossada é uma carne ideal para picar e servir hambúrgueres e outros picados.
Acém comprido
O acém é uma peça que pode ser dividida em duas partes: acém comprido e acém redondo. É um corte mais magro, limpo, suculento, saboroso e com gordura intermeada. É uma carne ideal para bifes, que deve ser cozinhada lentamente e em calor húmido para obter os melhores resultados. Frito, cozido ou guisado o acém comprido resulta num prato tenro e delicioso à sua mesa.
Acém redondo
O acém é uma peça que pode ser dividida em duas partes: acém comprido e acém redondo. É um corte mais magro, limpo e com osso, a chamada costeleta. Uma carne ideal para fritar ou grelhar com apenas umas pedras de sal. Para obter ainda mais sabor e suculência, cozinhe-a assada ou estufada num cozinhado lento em calor húmido.
Vazia e Lombo
O lombo e a vazia são carnes que se caracterizam por ser muito tenras e suculentas. Do lombo retiram-se o filet-mignon, o tornedó, os medalhões, o fondue e o famoso chateau briand, bife muito alto assado na grelha e de cor rosada no interior, uma especialidade francesa muito apreciada. Da vazia retiramos bifes igualmente altos e pesados, quase sem gordura como o famoso entrecôte. A costeleta da vazia é uma peça com osso, excelente para grelhar ou fritar. Se aprecia carnes tenras, suculentas e saborosas peça cortes de vazia ou do lombo.
Alcatra / Picanha
Este corte fica situado na base do rabo, ao lado do lombo. A alcatra é uma carne muito macia, seca e magra de onde podem ser retirados bifes, tornedó, strogonoff ou medalhões, idealmente servidos fritos, grelhados ou assados. Uma carne ideal para fondue que pode acompanhar com variados molhos. A picanha é uma carne mais suculenta que possui uma camada de gordura bem grossa que confere um sabor único à carne. A picanha dá nome a um dos pratos típicos do Brasil, cozinhada na grelha, servida com arroz branco, feijão preto, farofa, banana frita e couve à mineira.
Pojadouro
Este corte é o músculo superior da perna. Uma carne sem gordura muito macia, suculenta e saborosa. Experimente pedir bifes ou medalhões do pojadouro e frite, com molho de café, cogumelos ou mostarda. Se aprecia sabores mais leves, prepare a carne grelhada e sirva com umas rodelas de limão. É uma peça ideal para fondue, basta pedir no nosso talho que a cortem em pequenos cubos e desfrute com os molhos e acompanhamentos a gosto.
Peito
É uma carne cartilaginosa, muito saborosa, apesar de ter bastante desperdício. Ideal para usar em caldos de carne, cozidos, estufados e guisados lentos – adicione legumes variados e aguarde que todos os sucos libertados se fundam num irresistível caldo. Se gosta de picados, esta peça é ideal para fazer hambúrgueres ou rolo de carne. Prepare o rolo de carne com enchidos, tempere a gosto e cozinhe; ou recheie, por exemplo, com espinafres e requeijão, uma refeição prática que pode sempre aproveitar no dia seguinte.
É uma carne magra, sem osso, muito tenra e saborosa. Peça que a cortem em bifes ou escalopes, bem limpos de gorduras. Este corte adapta-se bem aos grelhados no carvão ou numa chapa. Se prefere um delicioso bife frito ou assado, faça-o com alho e um fio de azeite. Simples e com muito sabor.
Chambão - mão ou perna
É uma carne rica em matérias gelatinosas e com tendões. Para que fique tenra a cozedura deve ser prolongada e lenta. A peça inteira é especialmente indicada para preparar em geleias, guisados, cozidos, caldos e consommés – de origem francesa, este caldo de carne rico e delicioso em sabores, ao qual se adicionam variados legumes.
Aba
É a parte mais delgada da aba, uma carne mais magra e fibrosa, ideal para servir inteira cozida, estufada ou guisada. Se aprecia picados como almôndegas, hambúrgueres ou recheios variados, peça no nosso talho a carne picada a seu gosto e prepare receitas como almôndegas estufadas, clássicos hambúrgueres no pão, lasanha com recheio de carne ou esparguete à bolonhesa.
Aba grossa
A aba grossa é uma carne de fibras grossas e longas, entremeadas por gorduras e nervos, que deve cozinhar lentamente. Para uma refeição de eleição, recomendamos que deixe a peça marinar no mínimo uma hora, temperada a seu gosto. Leve a cozer, estufar ou guisar, e sirva uma refeição com sabores tipicamente portugueses.
Rabadilha
A rabadilha é uma peça que reúne os músculos anteriores da coxa. É uma carne muito suculenta, saborosa e versátil: medalhões, escalopes ou bifes grelhados, fritos ou cozidos. Uma carne que combina bem com refeições práticas e rápidas, com muito sabor. Se gosta de fondue, peça no nosso talho a peça cortada em pequenos cubos, prontos para servir com os seus molhos preferidos.
Chã de fora e nervo do ganso
Estas peças correspondem à parte traseira do meio da perna. É uma carne seca, e por essa razão, deve ser coberta (lardeada) com toucinho. É ideal para preparar inteira em deliciosos assados e estufados tipicamente portugueses. Prepare longas marinadas com alho, cebola, louro, vinho branco e pimentão, leve a assar ou a estufar lentamente e durante algumas horas.
Ganso redondo
Por ser uma carne muito seca e limpa, é aconselhável que esta peça seja coberta (lardeada) com toucinho. Este corte destina-se especialmente a estufados lentos e prolongados, que conferem à carne uma textura mais tenra e suculenta. Os assados são preparados com a peça inteira e devem ser bem condimentados.
  • Costeletas do cachaço
  • Costeletas do lombo / pé
  • Perna
  • Entrecosto
  • Entremeada
  • Chispe
Costeletas do cachaço
Com mais gordura do que as costeletas do lombo, as costeletas do fundo/cachaço são consideradas uma carne muito saborosa. Independentemente do método de confecção preferido - fritas, grelhadas ou panadas – sirva-as por inteiro ou cortadas em pequenas porções mas sempre com a gordura e o osso, para preservar o sabor da carne.
Costeletas do lombo / pé
As costeletas do lombo podem ser preparadas por inteiro ou por partes e servidas com o osso, o que ajuda a preservar o sabor da carne. Das costeletas do lombo desossadas, retiramos o lombinho e o lombo de porco. O lombinho é uma carne macia, tenra e muito saborosa (mais do que o lombo). Ideal para assar, grelhar ou fritar. O lombo é uma carne mais magra, sem gordura e igualmente tenra. Por ser uma carne mais seca, a peça é normalmente confecionada inteira, recheada ou coberta (albardada) com bacon ou toucinho. Fatiada, em bifes, prefira os que têm um pouco de gordura nas extremidades, pois são mais suculentos. Ideais para fritar, grelhar ou panar.
Perna
A carne da perna do porco é magra e tenra, coberta por uma ligeira camada de gordura. Versátil, é uma carne que pode ser preparada de várias maneiras - frita, grelhada, assada ou panada. No nosso talho pode pedir a peça inteira, em medalhões, bifes ou bifanas. É ideal para preparar um strogonoff ou um fondue.
A pá é a peça correspondente ao membro anterior do porco sem o chispe (ou pata). Pode ser cortada em bifes – fritos ou grelhados -, ou em cubos se pretende confecionar a tradicional carne de porco à alentejana. Por ter uma camada externa de gordura, é uma carne muito saborosa, suculenta e macia. Frita, grelhada, assada ou estufada, a pá do porco é deliciosa de diferentes maneiras.
Entrecosto
O entrecosto é a peça do porco correspondente à parte inferior do peito. Apesar de ter bastantes ossos, é uma carne muito saborosa. Se for servido inteiro, o ideal é prepará-lo no forno, ao passo que cortado é indicado para fritar ou grelhar. Além do tradicional entrecosto no forno com batatas assadas, o entrecosto grelhado na brasa é a delícia de muitos, servido com umas gotas de limão, acompanha com batata frita e uma salada bem temperada. Aconselhamos a deixar o entrecosto numa marinada rica, umas horas antes de o cozinhar.
Entremeada
A entremeada, tal como o nome indica é uma carne entremeada com gordura. Normalmente é cortada em fatias finas e pode ser grelhada, cozida ou frita. Constituída por pele (courato), gordura, músculos abdominais, torácicos e costelas, é da entremeada - sem o entrecosto -, posteriormente salgada e fumada, que nasce o delicioso “bacon”. A pele temperada com alhos moídos, sal e louro e, posteriormente grelhada ou assada, dá origem às populares sanduíches de courato, tão apreciadas em Portugal.
Chispe
Esta peça é constituida pelos membros inferiores, anterior e posterior, composto por pele (courato), músculos e tendões. O chispe de porco é uma carne muito saborosa. Para ser cozinhada, o coto deve ser separado das unhas.
  • Cachaço
  • Costeletas com pé
  • Costeletas do lombo
  • Peito
  • Perna
Cachaço
Uma carne ideal para ensopados e caldos.
Tipo de confecção: guisar, cozer
Tipo de confecção: estufar, cozer
Costeletas com pé
As costeletas com pé são ótimas para grelhar e fritar. No carré retira-se a carne entre as costeletas e a abre-se a peça, mas não na totalidade.
Tipo de confecção: fritar, grelhar
Costeletas do lombo
Esta peça de carne tem apenas um osso no centro.
Tipo de confecção: fritar, grelhar
Peito
Tipo de confecção: guisar, ensopados
Perna
Tipo de confecção: estufar, assar
De momento não foi possível processar o seu pedido, por favor tente mais tarde